Sobre Jussara Moura

Jussara MouraSou formada em administração, escritora e estudiosa fascinada pelos temas: nutrição funcional, bem-estar e qualidade de vida.

Sou criadora do site Emagrecendo Pra Valer.

Viciada em leitura, leio tudo sobre saúde, adoro fazer caminhada e me preocupo intensamente com alimentação saudável.

Aqui vou compartilhar com você todo o conhecimento que tenho assimilado sobre isso.

Meu nome é Jussara Moura e meu interesse se iniciou timidamente por força da natureza, depois do nascimento de meu primeiro filho.

Na época fiquei extremamente magra, acreditando ser por causa da amamentação e pela corrida nos cuidados de um bebe prematuro, entregue a mim após 14 dias numa UTI Neonatal.

O corpo dá sinais de que algo não vai bem… devemos estar atentos.

Só procurei um médico ao observar uma dificuldade acentuada em fechar o olho esquerdo.

Depois de vários médicos, exames desnecessários e outros tantos diagnósticos errados, enfim um neurologista solicitou um exame para medir meus níveis de hormônio no sangue.

Ao pegar o resultado, tudo passou a fazer sentido: Eu estava sofrendo de HIPERTIROIDISMO.

Isso explicava porque eu tinha mãos trêmulas, magreza excessiva, agitação, nervosismo e o olho projetando-se para fora.

Tudo ficou sob controle até o nascimento do meu segundo filho, quando, dessa vez, foi necessária intervenção mais severa: Tomei iodo radioativo como parte de um tratamento que, infelizmente, me tornou dependente de doses de hormônio sintético para compensar o HIPOTIROIDISMO com o qual passei a ter que conviver como consequência.

Além de tudo isso, meus filhos eram intolerantes a lactose, eu passei a sofrer de síndrome do intestino irritável, além de depressão.

Diante dessa coleção de problemas comecei a me preocupar, estudar e desejar ardentemente encontrar meios de trocar medicamentos por alimentação saudável, quando me dei conta de que a alimentação é parte importante da solução dos nossos problemas de saúde.

Descobri que alimentos saudáveis podem ter gosto bom e não precisam dos “disfarces” dos alimentos industrializados.

Descobri que cada vez que ingerimos alimentos industrializados como lamen, bolacha recheada e refrigerantes, com suas texturas e sabores artificiais, criamos sérios problemas para o nosso organismo que vai ter que lidar com essas escolhas perigosas.

Minha mudança foi gradativa e quanto mais eu pesquisava, mais me surpreendia com o leque de informações conflitantes que, embora pareçam bem sustentadas, muitas vezes tendem a nos colocar em perigo pela forma distorcida como são divulgadas.

Infelizmente hoje é muito mais fácil e barato encontrarmos alimentos industrializados de baixa qualidade e pobres em nutrientes, do que alimentos ricos, orgânicos e benéficos.

Acredito firmemente que a educação, a conscientização e informação correta de boa qualidade farão a diferença para as escolhas certas.