1 MINUTO DE EXERCÍCIO PESADO TEM O MESMO EFEITO QUE MALHAR 45 MINUTOS COM INTENSIDADE MODERADA OU LEVE

1 MINUTO DE EXERCÍCIO PESADO TEM O MESMO EFEITO QUE MALHAR 45 MINUTOS COM INTENSIDADE MODERADA OU LEVE

Resultados de pesquisa publicada recentemente, comprovam que um treino intenso de 1 minuto de exercício pesado é tão eficaz quanto um mais longo e menos intenso de 45 minutos.

Não consegue pensar em nada pior que passar 1 a 2 horas dentro de uma academia? Eu também!

Uma pergunta para as pessoas muito ocupadas:

E se você pudesse se exercitar ao máximo por apenas um minuto (você entendeu bem?) e colher os benefícios de uma sessão inteira na academia?

Saiba que tudo que você precisa é de 1 minuto de exercício pesado por dia para ficar em forma.

Essa é a excelente notícia trazida por uma pesquisa canadense divulgada há poucos dias, para quem procura o treino perfeito para pessoas que não têm tempo para treino.

Conheço muita gente que treina o tempo exato pra consumir as calorias que foram ingeridas no dia ou até mesmo da noite anterior. Assim que eu soube da pesquisa canadense, eu resolvi que valeria muito a pena repassar essa importante informação comprovada.

Os resultados da pesquisa foram publicados no PLoS One, e dão conta de que pesquisadores da Universidade MsMaster em Hamilton em Ontário, provaram que um treino intenso de 1 minuto de exercício pesado é tão eficaz quanto um mais longo e menos intenso de 45 minutos.

Como os pesquisadores chegaram a essa conclusão?

Eles dividiram 25 homens (eram 27, mas 2 desistiram) completamente fora de forma em três grupos onde foram medidas a capacidade aeróbica, a capacidade do corpo de regular açúcares no sangue por meio da insulina e fizeram uma biópsia muscular para verificar o funcionamento dos músculos a nível celular.

Primeiro Grupo: Não mudou nada a rotina, continuaram sedentários. Era apenas grupo de controle.

Segundo Grupo: Começou um treino normal de resistência em uma bicicleta ergométrica. Duração: três vezes por semana, durante doze semanas.

  • Aquecimento de 2 minutos
  • 45 minutos de pedaladas em ritmo moderado
  • Três minutos reduzindo o ritmo pra finalizar o treinamento. Total 50 minutos

Terceiro Grupo: Começou um treino bastante curto com intervalos também curtos em uma bicicleta ergométrica. Duração: três vezes por semana, durante doze semanas.

  • Aquecimento de 2 minutos
  • Vinte segundos de pedaladas com a maior intensidade possível
  • 2 minutos de recuperação em ritmo lento
  • Vinte segundos de pedaladas com a maior intensidade possível
  • 2 minutos de recuperação em ritmo lento
  • Vinte segundos de pedaladas com a maior intensidade possível
  • Três minutos reduzindo o ritmo pra recuperação e finalizar o treinamento. Total 10 minutos

A conclusão é que esse último grupo acabou atingindo o mesmo resultado que os homens do segundo grupo.

Depois das doze semanas foram medidos: o colesterol, a insulina, a quantidade de gordura no corpo, os músculos do segundo e do terceiro grupos.

Eles descobriram que o resultado ficou muito parecido. Teve alguns detalhes mínimos nos músculos desses homens: Ficaram até melhores no terceiro grupo.

Isso mostrou que ter esses intervalos muito curtos podem dar um resultado tão bom quanto os treinos mais prolongados.

Os pesquisadores de MsMaster perceberam que a resistência desses dois grupos havia aumentado em 20%, outro aumento em número registrado foi nas estruturas microscópicas relacionadas a queima de oxigênio (EPOC) e à produção de energia além de potencializar seu funcionamento. O treino moderado e intenso contribuíram pra regular a reação à insulina.

Como o primeiro grupo era apenas de controle obviamente nada ocorreu de diferente.

Se você é dessas pessoas que justifica “falta de tempo” pra não se exercitar, agora você vai ter que arranjar outra desculpa.

“Insanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes”
ALBERT EINSTEN

O fato do exercício ser curto não quer dizer que ele não é de qualidade.

Está provado que você pode entrar em um treino de qualidade com o exercício curto desde que ele seja intenso.

Afinal o que é alta intensidade?

Atividade de alta intensidade: A carga máxima é a intensidade, a sensação que a pessoa tem do esforço que está fazendo numa atividade e que não se consegue falar e é feita por um tempo muito curto, a pessoa não consegue manter por um tempo prolongado.

Enquanto a pílula mágica, com a qual você obteria os benefícios sem precisar fazer os exercícios não aparece, a pesquisa canadense buscou algo mais próximo possível, onde se utilize o menor tempo possível de exercícios e se ganhem os maiores benefícios.

Essa pesquisa canadense vem reforçar o que o Vinicius Possebon do Q48 vem falando desde 2009, demonstrando que 1 minuto de exercício pesado é efetivamente tão bom quanto 45 minutos de academia.

Apesar de terem recrutado homens, todos jovens e apenas 27, entendo que é uma quantidade pequena de pessoas, o Q48 que se baseia no HIIT (que são exercícios intervalados de alta intensidade) já ajudou mais de 35.000 alunos (muitos acima de 60 anos) a perder peso e a conquistar todos os benefícios citados acima, hoje comprovados pelos pesquisadores canadense.

Portanto as evidências dos pesquisadores canadenses comprovam a eficacia do Q48.

FONTE:

http://www.science.mcmaster.ca/index.php/news/82-is-high-intensity-interval-training-the-better-way-to-stay-fit.html

http://journals.plos.org/plosone/article?id=10.1371/journal.pone.0154075

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed?md=Search&doptcmdl=Citation&defaultField=Title%20Word&term=Warburton%5Bauthor%5D%20AND%20Health%20benefits%20of%20physical%20activity%3A%20the%20evidence

[https://youtu.be/K6v9AEccTvU]